A prática esportiva e a mudança no comportamento social

A prática do esporte, além de contribuir para a saúde também é um ótimo mecanismo para educar crianças e jovens. Isso é baseado na crença do grande potencial que o esporte tem de influenciar, promover atitudes, valores, comportamentos e inclusão social.

Segundo Danish e Nellen, “As habilidades para a vida (aquelas habilidades que nos permitem sucesso nos ambientes nos quais vivemos) e as habilidades esportivas possuem muitas similaridades. Algumas destas habilidades são as capacidades de desempenho sob pressão, resolução de problemas, cumprir prazos e enfrentar desafios, estabelecer objetivos, comunicar-se, lidar com o sucesso e o fracasso, trabalhar em equipe e dentro de um sistema e  receber retornos e benefícios a partir disto. O esporte pode ser um veículo valioso para o ensino de habilidades para a vida.”

Essa afirmação quer dizer que o esporte contribui para o desenvolvimento do indivíduo, tanto no aspecto moral, psicológico e social. Por isso, várias crianças e jovens, após iniciarem a prática esportiva, mudam o seu comportamento. Uns conseguem se concentrar mais, outros melhoram o aprendizado e ainda tem aqueles que antes eram agressivos e passam a ser mais pacíficos.

A criança ou o jovem, mesmo que não siga uma carreira esportiva, quando recebe uma boa orientação, aprende a respeitar as regras e torna-se mais disciplinado, pois entende que burlar as regras gera uma penalidade. Também aprende a conviver com as diferenças, a ser mais estrategista e não usar da força física para atingir os objetivos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *