Fundamentos do basquete

Em qualquer modalidade esportiva, é preciso que o jogador domine seu corpo com alguns movimentos do esporte. Os fundamentos técnicos do basquete são: manejo de bola, controle do corpo, drible, arremesso, passe, bandeja, jump e rebote. Veremos cada um deles:

– Manejo de bola: tem o objetivo de desenvolver a habilidade nos movimentos com a bola, entre os quais: quicar a bola, segurar a bola, rolar a bola, trocar a bola de mãos, lançar a bola de trás para frente do corpo por cima da cabeça, lançar a bola de um lado para o outro do corpo por cima da cabeça, passar a bola em volta do corpo e lançar a bola entre as pernas.

– Controle do corpo: serve para realizar os movimentos do basquete e o objetivo é desenvolver noções de defesa e ataque. Esses movimentos são os seguintes: fintas, giros, correr de frente, correr na lateral, correr de costas, corridas com mudanças de direção e paradas bruscas.

– Drible: é como o jogador se desloca pela quadra com a posse de bola. O ato de quicar a bola com uma das mãos pode ser drible com a mão direita e perna esquerda na frente ou drible com a mão esquerda e perna direita à frente. Os drible são: drible alto ou de velocidade (utilizado para se deslocar com velocidade ou quando o jogador está sem marcação) e drible baixo ou de proteção (utilizado quando há marcação próxima ao jogador com bola; nesse caso, o jogador deve flexionar as pernas e proteger a bola com seu corpo).

– Arremesso: é o ato de arremessar na cesta, isto é, fazer pontos. Esse tipo de arremesso é realizado com uma das mãos (a mão principal fica embaixo da bola, enquanto a outra fica ao lado para dar apoio, e a bola é arremessada somente com a mão que está embaixo).

– Passe: é o ato de jogar a bola para outro jogador da mesma equipe. São eles: passe de peito (é um passe para curtas e médias distâncias); passe picado ou quicado (nesse passe a bola toca o solo antes de ser lançada ao companheiro); passe por cima da cabeça (é quando a bola é lançada por cima do marcador); passe de ombro (é realizado com as duas mãos, com o objetivo de alcançar longas distâncias, principalmente em jogadas de contra-ataque) e passe de gancho (utilizado para grandes distâncias, principalmente na ligação de contra-ataque).

– Bandeja: é um tipo de arremesso o qual é executado quando o atacante se encontra em deslocamento e próximo da cesta adversária. Pode ser: bandeja com posse de bola (o jogador vem driblando, se aproxima da cesta, segura a bola, dá dois passos e salta em direção a cesta enquanto lança a bola) e bandeja sem a posse da bola (o jogador recebe a bola próximo à cesta e faz a bandeja sem precisar fazer o drible).

– Jump: é um tipo de arremesso realizado com salto, pode ser realizado parado ou em deslocamento.

– Rebote: é a recuperação da bola após um arremesso não convertido. Tipos de rebote: rebote defensivo ou rebote de defesa (quando se recupera a bola após o arremesso do adversário) e rebote ofensivo ou rebote de ataque (quando o jogador recupera a bola de um companheiro da equipe após o arremesso não convertido).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *